Tendências na Decoração


SOFISTICAÇÃO E PRATICIDADE FAZEM PARTE DA DECORAÇÃO INTERIOR DO BARCO


 

Foi-se o tempo em que a moda só interessava ao mundo de glamour das passarelas e decoração de mansões. Hoje, as tendências  de decoração do bom gosto invadiram, também, o mercado náutico. Iates milionários revestidos de brilho em chitnz (tecido de algodão) e cetim ou no padrão de oncinha ficaram pra trás.
Com o avanço da tecnologia e a chegada de novos produtos, a vida a bordo ficou muito mais fácil e confortável. E nada mais junto do que tornar o ambiente elegante e bem apresentável: uma decoração natural e moderna que tenha tudo a ver com o gosto do dono. Muitos estaleiros investem e acreditam que uma boa e moderna decoração faz toda a diferença.
A decoração das embarcações ganha cada vez mais destaque no mercado náutico com a participação de toda a família nas escolhas pelo conforto em alto mar. De acordo com a decoradora Karol de Paula, o dono do barco deve escolher a decoração pensando no seu dia a dia:
“Cada cliente define a decoração do seu barco durante o processo de construção. O Objetivo é colocar eletrodomésticos, estofados, paredes e pisos, passando pelo enxoval de cama, mesa e banho, tudo ao gosto e estilo de vida da família” explica Karol.

Dicas de decoração
Os tecidos e objetos usados na decoração de uma lancha ou iate, por exemplo, têm de seguir algumas regras. Segundo Karol, objetos de prata são proibidos:
“Nenhum acessório em prata é bem-vindo em barcos, pois a manuntenção é impossível. Ficam escuros em menos de meia hora de contato com a maresia”.
Menos é mais. Todos os objetos além de fazer parte da decoração têm que ter alguma utilidade com materiais e formas adequadas:
“Os objetos decorativos devem ter base reta para serem colocados às superfícies e não se moverem quando o barco navegar. Os materiais mais recomendados na hora da compra são: inox, madrepérola, policarbonato e cristal com titânio”, afirma a decoradora.
Outra dica muito importante é a utilização de tecidos leves e de fibras naturais como algodão nas cores claras e ao mesmo tempo coloridas.

Quanto custa?
O valor da decoração interna varia conforme o tamanho do barco e o grau de sofisticação solicitado pelo proprietário:
“Uma excelente decoração, com exoval feito de tecidos de mil fios egípcios, toalhas bordadas, enxoval para marinheiro, utensílios para cozinha, almofadas e colchas pode custar na faixa de R$ 40 mil para uma embarcação de três suítes”, finaliza.

Revista WebMarine
Edição Nº 1 – dezembro/2010

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s