Como evitar os erros mais comuns de quem navega no mar

Vai sair com o barco? Então não custa lembrar dos erros mais comuns que acontecem no mar. E para evitá-los basta que você…

  • proteja-se do sol
    Você sabe que o sol (e tudo o que ele traz: queimaduras, dor de cabeça, câncer) pode atrapalhar o passeio, mas vive esquecendo o protetor solar? Pois trate de lembrar dele, do chapéu e da capota do barco. No mar, não há sombra de árvore nem as pessoas sentem o sol queimar, porque o vento mascara o calor.
  • não descuide na manutenção
    Na rua, se seu carro tiver um problema, dá para chamar o guincho. No mar, não! Se houver uma pane a bordo, o socorro pode demorar — e chegar tarde demais. Então, não arrisque. Faça a manutenção do barco e conserve-o sempre pronto para zarpar — e para voltar do mesmo jeito que partiu.
  • respeite a capacidade do barco
    Navegar com excesso de peso a bordo, além de ilegal, é risco na certa. Não há justifi cativa para isso. Respeite o tamanho do seu barco e a quantidade de pessoas indicada pelo fabricante. Na dúvida, siga o limite (máximo!) de uma pessoa por metro de comprimento do barco.
  • redobre a atenção à noite
    Navegar ao luar pode ser romântico, mas também é bem mais arriscado, porque a visibilidade diminui quase na mesma proporção em que a luz mingua. Comece reduzindo a velocidade pela metade — se foi a 30 nós, volte a 15 — e apague as luzes internas (deixe só as de sinalização), para enxergar melhor no escuro.
  • consulte a previsão do tempo
    Parece óbvio — e é! —, mas as marinas estão cheias de histórias de gente que saiu para o mar sem checar a meteorologia e
  • se deu mal. Muito mal. Não custa nada informar-se sobre o tempo num dos muitos sites especializados. No nosso http://www.nautica.com.br, há links para os melhores, como o windguru.
  • abasteça sempre mais
    A regra básica da segurança manda calcular a quantia de combustível para ir e voltar e acrescentar um terço, como reserva. Se a soma der justo ou mais do que cabe no tanque, programe um reabastecimento no meio do passeio. Se der menos, ótimo. Mesmo assim, complete o tanque.
  • não beba ou não exagere
    A Lei Seca também vale para os barcos. Portanto, piloto de barco não pode (ou não deve) consumir bebidas alcoólicas. Pode, no máximo, fazer um brinde, com o barco parado, e fi car assim até passar o efeito do álcool. Se beber mais que isso, tenha o bom senso de entregar o comando a outra pessoa.
  • leve GPS e carta náutica
    Mesmo que você conheça muito bem o caminho, o ideal é ter um GPS com chartplotter, que mostrará a região e apontará o rumo direitinho. Mas, por mais modernos que sejam, GPSs também podem pifar, e no meio do passeio — nesse caso, você precisará contar com as velhas e boas cartas náuticas de papel. Tenha também.

  • 2 thoughts on “Como evitar os erros mais comuns de quem navega no mar

    Deixe uma Resposta

    Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

    Logótipo da WordPress.com

    Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

    Imagem do Twitter

    Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

    Facebook photo

    Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

    Google+ photo

    Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

    Connecting to %s